Apostila Concurso Ministério Fazenda 2012 - Assistente Técnico Administrativo
Apenas
R$15,00
    

Ministério Fazenda - Assistente Técnico - Administrativo -  Concurso 2012

Vagas para o Estado de São Paulo e Distrito Federal

APOSTILA COMPLETA. Aquisição por Download . Exigência: Somente o 2º Grau – Salário inicial R$ 2.800,00.

INSCRIÇÕES: Exclusivamente via internet, no endereço eletrônico

www.esaf.fazenda.gov.br ,  do dia 13/08/2012 ao dia 26/08/2012.   Mais informações, clic em "Detalhes da Apostila"

 

 

* Clique aqui - Regras de uso da apostila
Comprar RadButton
Atualizado em:

Concurso Público para

ASSISTENTE TÉCNICO - ADMINISTRATIVO

 

Concurso MINISTÉRIO DA FAZENDA

 

 

Vagas para o Estado de São Paulo e Distrito Federal

Concurso 2012

Exigência: Candidatos com o 2º Grau Completo / Ambos os Sexos

Salário inicial: R$ 2.690,00

 Inscrições de 13/08/2012 à 26/08/2012

 

Apostila desenvolvida especificamente para o cargo de

ASSISTENTE TÉCNICO - ADMINISTRATIVO DO MINISTÉRIO DA FAZENDA.

Aquisição por Download

 

Você poderá baixar, instalar e olhar a apostila na íntegra (por 48 horas) ANTES DE EFETUAR QUALQUER PAGAMENTO.

Ao baixar e instalar CLIC em " registrar depois".

 

 

CONTEÚDO

 

CONHECIMENTOS BÁSICOS

 

LÍNGUA PORTUGUESA

1.  Compreensão e interpretação de textos. 2.  Ortografia oficial. 3. Acentuação gráfica. 4. Emprego das classes de palavras. 5. Emprego do sinal indicativo de crase. 6. Sintaxe da oração e do período. 7. Pontuação. 8.  Concordância nominal e verbal.  9. Regência nominal e verbal. 10.  Significação das palavras.  11.  Redação de correspondências oficiais: Manual de Redação da Presidência da República.

 

RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO

1. Estruturas lógicas. 2. Lógica de argumentação. 3. Diagramas lógicos. 4. Álgebra linear. 5. Probabilidades. 6. Combinações.

 

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA

1. Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações. 1.1.  Sistema operacional Windows 7. 1.2.  Edição de textos, planilhas e apresentações no Microsoft Office 2010. 1.3. Conceitos básicos de distribuições Linux. 1.4. Edição de textos, planilhas e apresentações no BrOffice versão 3.2.  2. Conceitos e modos de utilização de ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de redes sociais, de grupos de discussão e de busca. 3. Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e Intranet.  4. Conceitos de tecnologia de informação: sistemas de Informações e conceitos básicos de Redes de Computadores e Segurança da Informação.

 

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

 

DIREITO ADMINISTRATIVO

1. Conceito de administração pública sob os aspectos orgânico, formal e material. 2.  Fontes do Direito Administrativo: doutrina e jurisprudência, lei formal, regulamentos administrativos, estatutos e regimentos, instruções, tratados internacionais, costumes. Princípios da administração pública. 3. Administração pública direta e indireta. Órgãos e entidades. Centralização e descentralização da atividade administrativa do Estado. Empresas públicas e sociedades de economia mista. Autarquias e fundações públicas. 4. Agentes públicos. Servidores públicos em sentido amplo e em sentido restrito. Servidores públicos temporários. Servidores públicos federais estatutários. Empregados públicos.  Disciplina constitucional dos agentes públicos. Legislação federal aplicável aos agentes públicos. 5. Improbidade administrativa. 6. Atos administrativos. Requisitos de validade. Atributos. Classificações.  Convalidação. Extinção. 7. O processo administrativo em âmbito federal. 8. Poderes administrativos.  9. Licitações públicas e contratos administrativos.  Sistema de Registro de Preços. Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores. Pregão presencial e eletrônico e demais modalidades de licitação.  10.  Bens públicos. Regime jurídico.  Classificações.  Uso de bens públicos por particulares. Uso privativo dos bens públicos. 11. Controle da administração pública. 12.  Sistemas administrativos.  13.  Ética Profissional do Servidor Público.  Sistema de Gestão da Ética do Poder Executivo Federal. Conflito de Interesses no Serviço Público. 14. Acesso à Informação em âmbito federal.

 

DIREITO CONSTITUCIONAL

15. Os poderes do Estado e as respectivas funções. 16. Hierarquia das normas. 17. Princípios fundamentais da CF/88. 18. Direitos e garantias fundamentais. 19. Organização político-administrativa do Estado. 20. Administração Pública na CF/88. 21. Orçamento Público: Conceitos e Princípios Orçamentários.

 

ARQUIVOLOGIA

 1.  Conceitos fundamentais de Arquivologia.  2. O gerenciamento da informação e a gestão de documentos: arquivos correntes e intermediário; protocolos; classificação e ordenação de  documentos;  avaliação  de documentos;  arquivos  permanentes.  3.  A política nacional de arquivos e a legislação arquivística. 4. Conservação e preservação de documentos. 5. Documentos digitais.

 

GESTÃO PÚBLICA

1.  Estado, Governo e Sociedade: conceito e evolução do Estado contemporâneo; aspectos fundamentais na formação do estado brasileiro; teorias das formas e dos sistemas de governo. 2. Administração Estratégica. 3. Organização do Estado e da Gestão. 4.  Departamentalização; descentralização e desconcentração.  5.  Os Agentes Públicos e a sua gestão, normas legais e constitucionais aplicáveis. 6. Serviço de atendimento ao cidadão. 7. Comunicação interna e externa; relacionamento interpessoal e trabalho em equipe. 8.  Gestão de conflitos.  9.  Gestão de materiais e almoxarifado. 10. Governança na gestão pública. 

 

Lembre-se! Somente os mais bem preparados, alcançam os objetivos desejados.

 

Adquira já a sua apostila ! aquisição por DOWNLOAD

 

 

LEITURA OBRIGATÓRIA

 

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

LEIA COM ATENÇÃO!

 

(Regras válidas para todas as apostilas disponibilizadas em http://www.digshop.com.br/)

 

1) Número de Instalações permitidas: Permite-se que o comprador da apostila faça 2 instalações com o mesmo serial (senha). Uma em casa e outra no local de trabalho. Havendo necessidade de nova instalação, devido a problemas como formatação do HD, e outros, entre em contato com nosso suporte justificando o pedido de liberação para nova instalação.

Portanto, o serial confere 2 instalações da apostila. Use-o com responsabilidade. Para sua e nossa segurança, não ceda o serial e nem seus dados para terceiros. Nosso sistema está habilitado para rastrear qualquer registro da apostila fora das normas estabelecidas. A quebra dessas regras nos dá o direito de, imediatamente, efetuar o cancelamento do seu registro, bem como impedir que faça futuras compras de produtos das Apostilas Objetiva.

 

2) Sobre as Atualizações: Nosso compromisso com "atualizações", erratas, adendos, se estende da data da aquisição, até a aplicação da prova do concurso em questão, ou seja, para esse concurso cujas inscrições estão abertas (de 13/08/2012 à 26/08/2012)

Note que, após a aplicação da prova, a apostila poderá continuar sendo usufruída pelo tempo em que ficar disponível neste site, MAS sem direito a qualquer atualização.

Se um outro concurso do mesmo órgão, para a mesma função/cargo, for aberto, PODERÁ ou NÃO PODERÁ ser disponibilizada uma nova apostila PARA NOVA AQUISIÇÃO.

3) Disponibilidade da apostila no site (TEMPO): Essa apostila ficará disponível no site http://www.digshop.com.br/ por exatos 3 anos para a instalação ou reinstalação do produto. Após esse tempo a apostila é retirada definitivamente.

 

Atributos da Apostila

 

 

1) Visualização temporária: Para verificação de todo o conteúdo da apostila antes da efetuação do pagamento, basta clicar em "registrar depois". A apostila ficará à disposição durante 2 dias (48 horas). Durante esse tempo poderá analisar, ponderar, e decidir se a adquire definitivamente, ou não. Após a expiração desse prazo, a apostila somente voltará a funcionar com o devido registro.

Atestamos com isso, a absoluta transparência com que tratamos nossos relacionamentos comerciais.

2) Uma vez instalada e registrada, não há necessidade de permanecer "on line" para realizar os estudos ou imprimir. É só clicar no ícone da apostila (na área de trabalho), e será instantaneamente direcionado para o Menu de Matérias.

3) Imprimir: Permite a impressão de todo o conteúdo. Ao abrir um item de matéria, verá na parte superior o botão "imprimir". Poderá, então, mudar a cor do texto, aumentar ou diminuir o tamanho da letra, etc. No rodapé da página contém o número de páginas correspondente a esse item.

4) Resumos e anotações: Permite construir RESUMOS / ANOTAÇÕES. Você faz os resumos, podendo editá-los e imprimi-los.

 

Importante! Não é permitido copiar os textos dessa apostila para quaisquer dispositivos tais como pdf, word, bloco de notas, etc.). Tal prática facilita a proliferação de cópias ilegais o que é terminantemente proibido.

 

Muito cuidado! Não revele seus dados documentais à pessoa alguma. Principalmente número de CPF. Se o fizer, corre sérios riscos de ver seu nome e dados documentais sendo circulados pela internet e usados para os mais diversos tipos de crimes.

 

 

 




NOVO CONCURSO 2012!!

Vagas para o Estado de São Paulo e Distrito Federal

 

Grande oportunidade à vista para 2º e 3º graus

 

Saiu o aguardado concurso para assistente técnico-administrativo do Ministério da Fazenda, de nível médio. As 463 vagas autorizadas para a seleção foram dividas entre o Distrito Federal, para onde são oferecidas 322 chances (17 reservadas a pessoas com deficiência), e São Paulo, que receberá 141 dos aprovados (oito para deficientes). As inscrições serão recebidas a partir das 10h do próximo dia 13, com o prazo se estendendo até o dia 26 deste mês.

A remuneração está mais atrativa do que vinha sendo informado: os ganhos mensais serão de R$3.104, o que corresponde ao inicial de R$2.800, conforme o edital, acrescido do auxílio-alimentação de R$304. Pela tabela de remuneração dos servidores federais, o inicial seria de R$2.690,02, já com o auxílio. As contratações serão pelo regime estatutário, que garante a estabilidade no cargo, e a carga de trabalho será de 40 horas semanais.

 

Mudança - A seleção é destinada à substituição de terceirizados irregulares até o fim deste ano, conforme acordo firmado entre União e Ministério Público do Trabalho (MPT). Antes da divulgação do edital, o Ministério da Fazenda havia informado, por meio do Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-Sic), do governo federal, que os admitidos por meio do concurso deveriam ser distribuídos pelas mesmas unidades onde estão os terceirizados. E segundo o próprio ministério, os trabalhadores que serão substituídos atuam, além de São Paulo e Distrito Federal (em Brasília), nos estados do Alagoas, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, e Pernambuco. Questionado sobre o motivo das vagas serem destinadas somente a duas das regiões, o ministério, até o momento, não respondeu.


O concurso terá validade de um ano, podendo dobrar. Nesse período, poderão ser chamados mais aprovados do que o previsto inicialmente. Caso isso aconteça, as novas vagas poderão ser distribuídas para outros estados, como prevê o edital do concurso. De acordo com o Decreto 6.944/09, que regulamenta os concursos federais, o Ministério do Planejamento poderá autorizar a convocação de mais aprovados até o limite de 50% sobre a oferta original. Com isso, o total de vagas poderia chegar a mais de 690. Existe ainda a possibilidade das convocações excederem esse limite. Mas nesse caso, será necessária a autorização da Presidência da República, como aconteceu na seleção anterior, realizada em 2009. Naquela oportunidade foram oferecidas 2 mil vagas, mas segundo o sindicato da categoria, foram chamados cerca de 4 mil aprovados nos dois anos de vigência do concurso.

 

Inscrições - As inscrições serão feitas no site da organizadora, a Esaf. Será necessário preencher o formulário online e imprimir o boleto da taxa, de R$62, para pagamento até o dia 6 de setembro, em toda a rede bancária. Quem desejar, poderá se inscrever utilizando os computadores que serão disponibilizados em unidades regionais da organizadora, em São Paulo e no Distrito Federal. Durante todo o prazo de inscrição, os integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal de até R$1.866 (três salários mínimos) ou renda familiar mensal por pessoa de até R$311 (meio salário mínimo) poderão solicitar a isenção do pagamento da taxa.

 

Serviço
 

Postos com computadores para inscrição: Brasília - Centro Regional de Treinamento da ESAF - SAS, Q. 06 - Bloco "O" - 8ª andar - Edifício Órgãos Centrais do MF - Brasília-DF - Telefones: (61) 3412-5813/5887/5800;

 

São Paulo - Centro Regional de Treinamento da ESAF - Avenida Prestes Maia nº 733 – 21º andar - Bairro da Luz - Telefones: (11) 3376-1500/1509.

 

Provas no dia 28 de outubro só em Brasília e São Paulo


O concurso será composto exclusivamente por provas objetivas, de Conhecimentos Básicos e de Conhecimentos Específicos. A avaliação está prevista para o dia 28 de outubro e será aplicada apenas em São Paulo e Brasília. A cidade de prova deve ser escolhida no ato da inscrição.


A parte de Conhecimentos Básicos será composta de quarenta questões, valendo, ao todo, 60 pontos. Já a de Conhecimentos Específicos terá 50 questões, que somarão 70 pontos. O programa da seleção traz como novidades a inclusão das disciplinas de Arquivologia e Gestão Pública. Com 20 questões de peso dois, Arquivologia corresponderá, inclusive, a quase 60% da prova específica. As disciplinas Direito Tributário e Direito Previdenciário, cobradas na seleção anterior, de 2009, foram excluídas do conteúdo programático.


Serão aprovados no concurso aqueles que obtiverem os mínimos de 40% dos pontos ponderados de Língua Portuguesa, 50% dos pontos ponderados de Conhecimentos Básicos, 50% dos pontos ponderados de Conhecimentos Específicos e 60% da pontuação total das provas, além de se classificarem em até duas vezes o número de vagas em cada região, considerados os empates na posição limite.

 

Está cada vez mais perto a abertura de dois dos concursos mais aguardados pelos concurseiros de todo o país que sonham em ingressar no serviço público federal em cargos que proporcionam estabilidade, boa remuneração, além de elevado status profissional.

 

Um desses cargos é o de assistente técnico-administrativo, que integra o Plano Especial de Cargos do ministério (PecFaz), para o qual foram solicitadas 2.500 vagas. A função tem como requisito o ensino médio completo e proporciona remuneração inicial de R$2.690,02, já incluindo o auxílio-alimentação de R$304, comum a todos os servidores públicos do Executivo federal.

De acordo com a fonte, será liberada apenas parte do quantitativo solicitado, tendo o Planejamento, inclusive, já apresentado uma proposta de oferta de vagas. Esse quantitativo está, nesse momento, passando por ajustes, para que seja adequado à necessidade do Ministério da Fazenda. Ainda não há informação a respeito da distribuição das vagas por estado. No entanto, a última seleção para o cargo, em 2009, as vagas foram regionalizadas, com chances sendo oferecidas em todos os estados e no Distrito Federal.

A realização do concurso este ano já havia sido confirmada em dezembro do ano passado pela secretária de Gestão Pública do Planejamento,

 

Nível superior - Os outros dois cargos que terão o concurso autorizado são os de auditor-fiscal e analista-tributário da Receita Federal. Ambos são abertos àqueles que possuem o ensino superior completo em qualquer área e as remunerações oferecidas figuram entre as maiores do país: R$13.904 para auditor e R$8.300 para analista. Assim como para assistente, a oferta que será autorizada será inferior ao pedido feito pelo Ministério da Fazenda, que foi de 2.260 vagas, sendo 1.210 para auditor e 1.050 para analista.

 

Proximidade do concurso demanda intensificação dos estudos

 

A notícia da iminente autorização dos concursos pegou de surpresa muitos dos interessados em concorrer às vagas que serão abertas pelo Ministério da Fazenda.

 

O Ministério da Fazenda realizou concurso para assistente técnico-administrativo uma única vez até o momento, em 2009. Na ocasião, os candidatos tiveram que passar por provas objetivas, versando sobre Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo e Conhecimentos Básicos de Informática e de Direito Administrativo, Constitucional, Tributário e Previdenciário.

Entre as principais disciplinas cobradas costumam estar Português, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário e Contabilidade. Tradicionalmente, os concursos do Ministério da Fazenda são organizados pela Esaf, órgão vinculado ao próprio ministério.

 

 


Apostilas Objetiva.