Professores PEB II - SP / Concurso 2007

Marca: Apostilas ObjetivaModelo:Apostila DIGITALDisponibilidade: Imediata


Por:
R$ 18,00

ou 2x Sem juros de R$ 9,00

PROFESSORES - PEB II - SP -  Concurso 2007
APOSTILA  - Aquisição por Download  - Professores SP - PEB II. Concurso/2006 – 6.903 Vagas!  Remuneração R$ 1.036,62 - Conteúdo: Referências Legais / Publicações Institucionais e Livros e Artigos. Inscrições de 15 de janeiro à 09 de fevereiro 2007.

 
 

CONCURSO PÚBLICO / 2007   

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

 

 

6.903  VAGAS  Para Professores!

 

As inscrições serão recebidas exclusivamente via Internet, entre os dias 15 de janeiro e 9 de fevereiro, através do site  www.vunesp.com.br , para o cargo de Professor de Educação Básica II. A taxa de inscrição cobrada será de R$ 26,90, .

 

 

PROFESSORES -  PEB - II –

 

 

Remuneração: 1.036,62


Esta Apostila  contém as matérias comuns, especificadas abaixo,  para o cargo de Professores.

Aquisição por Download  

CONTEÚDO

Referenciais legais

 

  • Constituição da República Federativa do Brasil - promulgada em 5 de outubro de 1988. Artigos 5º, 37 ao 41, 205 ao 214, 227 ao 229.
  • Lei Federal n.º 9394/96 - Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
  • Lei 10.261/68, com as alterações introduzidas pela Lei Complementar n.º 942/2003 - Dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo. Artigos 46 ao 86, 176, 181 a 214, 241 a 244, 251 a 263.
  • Lei Federal n.º 8069/90 - Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente.
  • Lei Complementar n.º 444/85 - Dispõe sobre o Estatuto do Magistério Paulista. Artigos 61 a 63 e artigo 95.
  • Lei Complementar nº 836/97, com as alterações introduzidas pela Lei Complementar nº 958/04 - Institui Plano de Carreira, Vencimentos e Salários para os Integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação e dá providências correlatas. 
  • Parecer CNE/CEB nº 04/98 e Resolução CNE/CEB nº 02/98 - Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental.
  • Indicação CEE nº 08/01 - Diretrizes Curriculares para o Ensino Fundamental no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo.
  • Indicação CEE nº 08/97 e Deliberação CEE nº 09/97 - Institui, no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo, o Regime de Progressão Continuada no Ensino Fundamental.
  • Parecer CNE/CEB nº 15/98 e Resolução CNE/CEB nº 03/98 - Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio.
  • Indicação CEE nº 09/2000 - Diretrizes para a implementação do Ensino Médio no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo.
  • Parecer CNE/CEB n.º 11/2000 e Resolução CNE/CEB nº 1/00 - Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos.
  • Indicação CEE n.º 11/2000 e Deliberação CEE n.º 09/2000 - Estabelece diretrizes para a implementação, no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo, dos cursos de Educação de Jovens e Adultos de níveis fundamental e médio, instalados ou autorizados pelo poder público.
  • Parecer CNE/CEB n.º 17/2001 e Resolução CNE/CEB nº 2/01 - Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Especial.
  • Indicação CEE n.º 12/99 e Deliberação CEE n.º 05/00 - Fixa normas para a educação de alunos que apresentam necessidades educacionais especiais na educação básica do sistema estadual de ensino.
  • Parecer CNE/CEB nº 14/99 e Resolução CNE/CEB nº 03/99 – Fixa Diretrizes Nacionais para  o Funcionamento das Escolas Indígenas.
  • Parecer CNE/CP nº 03/04 e Resolução CNE/CP nº 01/04 -  Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para  a Educação das Relações Étnico – Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. 

 

Publicações Institucionais

 

  • BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: 1ª a 4ª séries do Ensino Fundamental - Introdução dos Parâmetros Curriculares. Brasília : MEC/SEF, 1997.
  • BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental - Introdução dos Parâmetros Curriculares. Brasília : MEC/SEF, 1998.
  • BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental - temas transversais. Brasília : MEC/SEF, 1998.

 

  • BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio; bases legais. Brasília : MEC/SEMTEC, 1999.
  • BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM): fundamentação teórico-metodológica. Brasília : MEC/INEP, 2005.
  • SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. A Política Educacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. São Paulo : SE,  2003.
  • SÃO PAULO (Estado) Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. A construção da proposta pedagógica da escola. São Paulo : SE/CENP, 2000
  • SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. O Currículo na Escola Média: desafios e perspectivas. São Paulo : SE/CENP, 2004.  p.12-59.
  • SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Proposta Pedagógica. In: ________.  Reorganização da Trajetória Escolar no Ensino Fundamental: Classes de Aceleração; Proposta Pedagógica Curricular. São Paulo : SE/CENP, 2000. p. 7-18.
  • SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas. Ensinar e Aprender: Impulso Inicial. São Paulo : SE/CENP, 2002. p. 9-25.
  • FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO.  Escola da Família. São Paulo : FDE, 2004. (Idéias, 32)

 

Livros e Artigos

 

  • ABRANCHES, Mônica. Colegiado escolar: espaço de participação da comunidade.  São Paulo : Cortez, 2003. cap.1, 4 e conclusões.
  • ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em escola reflexiva. São Paulo : Cortez, 2003. Cap. 1, 2 e 4.
  • ARROYO, Miguel G. Ofício de mestre. Petrópolis : Vozes, 2000.
  • FREIRE, Paulo.  Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 2. ed. São Paulo : Paz e Terra, 1997.
    HARGREAVES, Andy.  O ensino na sociedade do conhecimento: educação na era da insegurança. Porto Alegre : Artmed, 2004.  
  • HERNÁNDEZ, Fernando. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho. Porto Alegre : Artmed, 1998.
  • IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional. São Paulo : Cortez, 2000.
  • MACHADO, Nilson José. Sobre a idéia de competência. In: PERRENOUD, Philippe et al.  As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre : Artmed. 2002.  p.137-155.
  • MENEZES, Luís Carlos. O novo público e a nova natureza do ensino médio.  Estudos avançados, São Paulo : USP, v. 15, n. 42,  p. 201-208,  maio/ago. 2001.
    MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo : Cortez, Brasília : UNESCO, 2000.
  • MORAN, José Manuel,; MASETTO, Marcos T.;  BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica.  Campinas : Papirus, 2000.
  • PERRENOUD, Phillipe. Dez novas competências para ensinar: convite à viagem.  Porto Alegre : Artmed, 2000. Cap. 1 a 5.
  • PERRENOUD, Phillipe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens; entre duas lógicas. Porto Alegre : Artmed, 1999. Cap. 3, 7 e 9.
  • RIOS, Terezinha Azeredo. Compreender e ensinar: por uma docência da melhor qualidade. São Paulo : Cortez, 2001.
  • SILVA, Marco. Sala de aula interativa. Rio de Janeiro: Quartet, 2002.
  • THURLER, Mônica Gather. O desenvolvimento profissional dos professores: novos paradigmas, novas práticas. In: PERRENOUD, Phillipe et al. As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre : Artmed, 2002. p. 89-111.
  • VALENTE, José Armando. Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador: o papel do computador no processo ensino-aprendizagem. In: ALMEIDA, M. E. ; MORAN, J. M. Integração das tecnologias na educação. Brasília : MEC/SEED, 2005. p. 22-31.

 

 

Adquira já a sua apostila !

  

 

LEITURA OBRIGATÓRIA

 

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

 

LEIA COM ATENÇÃO !

 

1) Número de Instalações permitidas: Permite-se 3 instalações, ou seja, você poderá instalar a apostila 1 vez em até 3 computadores com o mesmo serial. Após isso, se houver necessidade de nova instalação, devido a problemas como formatação do HD, e outros, entre em contato com nosso suporte justificando o pedido de liberação para nova instalação.

O serial confere 3 instalações da apostila. Portanto, use-o com responsabilidade. Para sua e nossa segurança, não ceda seus dados para terceiros. Nosso sistema está habilitado para rastrear qualquer registro da apostila fora das normas estabelecidas. A quebra dessa regra nos dá o direito de, imediatamente, efetuar o cancelamento do seu registro, bem como impedir que faça futuras compras de produtos das Apostilas Objetiva.

2) Sobre as Atualizações: Nosso compromisso com "atualizações" se estende até a aplicação da prova do concurso em questão. (concurso 2007)

Exemplificando: Maria adquiriu uma apostila em janeiro de 2007 e a prova do concurso será em 15 de maio de 2007. Da data da compra até 14 de maio de 2007 (véspera da aplicação da prova), Maria terá direito às atualizações, claro, se houver alterações no conteúdo motivadas por força de orientações em edital de retificação. Aplicada a prova, cessa nosso compromisso com atualizações.

Outro exemplo: Maria adquiriu uma apostila em junho de 2006. Até a data de hoje, o concurso não foi aberto, ou seja, não foi publicado o edital, havendo previsão para abertura do concurso em dezembro de 2007. Maria, então, terá direito a atualizações até que a prova do concurso, em questão, for realizada. Realizada a prova, cessa nosso compromisso com atualizações.

Note que a apostila poderá continuar sendo usufruída por tempo indeterminado, MAS sem direito a atualizações.

Se um outro concurso do mesmo órgão, para a mesma função/cargo, for aberto, uma nova apostila será disponibilizada PARA NOVA AQUISIÇÃO.

Atributos da apostila

1) Visualização temporária: Para verificação de todo o conteúdo da apostila antes da efetuação do pagamento, basta clikar em "registrar depois". A apostila ficará à disposição durante 2 dias. Durante esse tempo poderá analisar, ponderar, e decidir se a adquire definitivamente, ou não. Após a expiração desse prazo, a apostila somente voltará a funcionar com o devido registro.

Atestamos com isso, a absoluta transparência com que tratamos nossos relacionamentos comerciais.

2) Uma vez instalada e registrada, não há necessidade de permanecer "on line" para realizar os estudos. É só clikar no ícone da apostila (na área de trabalho), e será instantaneamente direcionado para o Menú de Matérias.

3) Atualização on line: Permite receber (se necessário), "atualizações on line". Função bem visível na página "menú de matérias".

4) Imprimir: Permite a impressão de todo o conteúdo. Ao abrir um item de matéria, verá na parte superior a função "imprimir". Poderá, então, mudar a cor do texto, aumentar ou diminuir o tamanho da letra, etc. No rodapé da página contém o número de páginas correspondente a esse item.

 

 

 

 





Apostilas Objetiva.
Apostila DIGITAL

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características


    Confira os produtos